ATELIER-MOURÃO

E:   Ipanema

Rio de Janeiro

T:   21-2267 9191

E:  contato@ateliermourao.com.br

© 2017 by Atelier-Mourão. 

Paula Mourão, artista...curiosa, inquieta, generosa, verdadeira..

A pesquisa desta artista joalheira não cessa. A busca de idéias e de materiais para compor sua obra comprova produção estruturada e contínua.

Na investigação de materiais desvela soluções visuais impactantes somadas às soluções técnicas, as mais variadas: ferro com esmalte, plástico com borracha, papel com cobre.

Mestra há décadas na área espalhou sementes pela cidade maravilha; formou artistas e professores. 

Miriam Mirna Korolkovas
Artista e Curadora
AJF embaixadora brasileira

“A joalheria sempre fez parte da minha vida, desde pequena. O que era brincadeira de criança aos poucos foi virando coisa séria e virou minha profissão.”

(Paula Mourão)

 

Herdeira do talento criativo do pai e discípula de sua joalheria de autor, mergulhou no universo das joias nos anos 80, onde permanece até hoje.

 

Aprendeu com Caio Mourão a romper com a soberania do ouro e das pedras preciosas, colocando sua criatividade em primeiro plano, e acrescentou um olhar feminino e sensível a seu trabalho.

 

“No começo era uma mágica, ensinada por meu pai, que nos mostrou os primeiros segredos dos metais. Com o calor do fogo, transformávamos pequenos pedaços de metal amorfos, frios e sem vida numa graciosa bolinha. Como um grande mago, ele nos apresentou os mistérios do fogo.”

 

A cidade do Rio de Janeiro é pano de fundo e grande musa inspiradora em todas as suas coleções. Suas joias exclusivas são o reflexo apaixonado dos ares cariocas, um mix de natureza e urbano, de onde obtém-se resultados únicos.

 

Na busca da harmonia e do belo, tudo é bem-vindo em seu processo de criação. O uso da prata, ouro, pedras, tecido, esmalte, sementes, vidro e resina, a experimentação faz parte do seu dia-dia. Formas urbanas e orgânicas marcam o trabalho da artista, que volta e meia conta com a interferência de sucatas e objetos reaproveitados, que misturados a metais e outros materiais, transformam-se em verdadeiras joias.

 

 

“Hoje em dia quando penso em uma peça, não faço um desenho ou um projeto. Da minha emoção idealizo a forma pretendida e trabalho diretamente no metal. Passo as ideias para o concreto, para realidade. Com a joalheria trago a minha busca pela perfeição e emoção, faço a construção na matéria do meu ideal de beleza. Trago para o mundo real o meu conceito do que é belo, do perfeito e da emoção.”

 

 

Após o falecimento do Caio, passou também a dirigir e a lecionar no Atelier Mourão (fundado por ele há 30 anos no Rio de Janeiro), escola de onde já saíram grandes nomes da joalheria atual, consagrados nacional e internacionalmente.

 

Paula Mourão marca presença em muitas exposições, feiras, workshops, entre outros eventos. Sua carreira tem tom internacional, que pode ser conferida nesta linha do tempo:

 
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle