O PORTAS ABERTAS 

A ideia do portas abertas surgiu em 2004 quando o Atelier Mourão fez sua primeira exposição “Por Trás das Joias”, mostrando trabalhos de seus alunos e professores no MAM do Rio de Janeiro. Foram apresentados nesta exposição alunos e professores da escola que hoje tem uma grande representatividade na joalheria como Francisco Garcia, Leticia Costa, Lucia Abdenur, Rita Santos, Vanessa Robert, Virginia Moraes, William Farias entre outros.

Por tras das Joias (1).JPG

O Portas Abertas teve sua primeira edição em 2005 naquela época o evento era dentro do próprio atelier, por isso do nome de “Atelier Mourão de Portas Abertas”, ele foi idealizado com o objetivo de promover os trabalhos da nova geração de joalheiros formados na escola.

EXPOSIÇÃO 05-05-2007 021.jpg
fotos 027.jpg

O Atelier Mourão de Portas Abertas. Além de ensinar a técnica, prepara o aluno para o mercado de trabalho. Ele aprende a se organizar para eventos e feiras tanto na produção de peças, quanto na questão administrativa do negócio. É o momento onde o aluno pode vivenciar todas as etapas do trabalho de um joalheiro autoral.

 

Com o passar dos anos, o evento começou a crescer e ganhar popularidade, o que era um evento intimo ganhou novas proporções, migrando para a lendária Casa de Pedra, casa esta que por muitos anos moramos e foi o Atelier Mourão na década de 60 e 70.

No ano de 2013 com a mudança de espaço, além da exposição de nossos alunos do curso de joalheira, exibimos também a exposição “Experimentos” onde foram apresentadas peças do grupo de estudos pensando a joalheria, ministrado por Elisabeth Franco, no Atelier Mourão.

Alguns anos depois, para promover a joalheria arte brasileira o Atelier Mourão em sua 12º edição abriu suas portas para receber mais artistas de diferentes regiões promovendo a sua primeira convocatória com tema “Broches” para conhecer artistas de diferentes partes do Brasil, a mostra também teve pela primeira vez no Rio de Janeiro a Galeria Alice Floriano com a exposição “Transe” trazendo um recorte de seu acervo com trabalhos de artistas renomados nacionais e internacionais.

IMG_0794.JPG
IMG_0572.JPG

No ano seguinte em 2019 devido ao sucesso da convocatória “Broches”, dando continuidade a ideia de agregar e divulgar artistas joalheiros propomos um novo desafio agora com a temática “Rupturas”, resultando numa exposição com 16 trabalhos selecionados.

22.Foto_Luciana Queiroz_Atelier Mourão_M
21.Foto_Luciana Queiroz_Atelier Mourão_M

Contamos novamente com a participação da Galeria Alice Floriano com a exposição “NAU II”, além da presença da LAB 22 loja comandada por Cibele Garcia em Santos com intuito de promover artistas joalheiros brasileiros. A convite do atelier os grupos de joalheria Brocas de São Paulo e Orbe do Rio de Janeiro apresentaram seus trabalhos de joalheria Contemporânea exibidos em São Paulo anteriormente.

03.Foto_Luciana Queiroz_Atelier Mourão_M
37.Foto_Luciana Queiroz_Atelier Mourão_M